Seja bem-vindo! Hoje é

24 de dezembro de 2014

Manhã de Natal


Surpresinha.


São as pequenas coisas que fazem todo sentido - VIDA.


Pode? Legião e um tordo!


Enquanto isso minhas ursinhas continuam hibernando...







17 de dezembro de 2014

Literatura

Direto de "As aventuras de Pi" para "O poço e a mina".

 

16 de dezembro de 2014

Pequenas coisas da vida...

Não tem preço...


Mamãezinha Tico-tico de olho na cria...



Uma semana depois...




Bugio: Sr. Ruivão



Tarde de domingo em ótima companhia...

by Lu Astolfo




Mimos para minhas filhotas

Fim de semana produtivo:

Para a Carol uma alamedinha de hortênsias.



Para a Mari luzinhas de Natal na lareira.




11 de dezembro de 2014

Cardápio de sobremesas para o Natal


Que tal crianças?

OVOS NEVADOS


CHEESECAKE


PAVÊ


MOUSE DE MARACUJÁ

Bebê Mastiff


10 de dezembro de 2014

Impressões: Morte

A morte nos provoca profundos e estranhos sentimentos 
como querer esquecer o que você não quer deixar de lembrar.
 Lu Astolfo


9 de dezembro de 2014

Ursa e seu modelito!

Minha Ursinha se preparando para o "casamentuuu" da Carol.

 PRE-PA-RA!


2 de dezembro de 2014

TRANSFORMAÇÃO: DECOUPAGE

AVISO 
Este post contém cenas fortes de inabilidade 
e alto índice de boa vontade!

Trabalho em família!

Lembra daquele móvel que eu amei e comprei num brechó? 
Depois de quase um ano decidimos encará-lo
e dar início ao processo de 'personalização',
e para isso escolhemos a Decoupagem.

O termo Découpage é francês (decouper, porém sua origem é italiana). Essa técnica na época ficou conhecida como "Lacche povero", que significa a laca do homem pobre, porque aqueles que não tinham recursos para empregar um artista a decorar suas mobílias e objetos decorativos, podiam obter efeitos distintos e requintados com gravuras coladas sobrepostas à peça e revestidas com múltiplas demãos de verniz ou da laca. Essa forma de arte começou em Veneza, Itália, por volta do século XII e foi difundida no século XVII no resto da Itália, França, e Inglaterra. Muitas decorações elaboradas em caixas, bandejas, cinzeiros e tampos de mesas que acreditavam ter sido pintadas a mão e tinham sua origem nos séculos XVIII e XIX, foram analisadas mais tarde descobrindo-se que se tratava de uma mera aplicação de gravuras inteligentemente dispostas e coladas sobre as superfícies.
Fonte: Wikipedia

mesinha de apoio que foi adaptada para um lavabo

cuba acrílica e muita tinta dourada


1ª etapa: LIXA. LIXA. LIXA. 
Para isso a mais forte das minhas filhas...


Amei essa foto.


Depois de enfrentar camadas de tinta dourada,
foram meses de lixa em alguns fins de semana.
Olha só o que descobrimos, a madeira por baixo era linda!


Então veio a parte da tinta...
Após 3 demãos de tinta branca para madeira
 resolvi passar verniz incolor para impermeabilizar.
E socorro!!! o branco ficou amarelado.
Ainda bem que foi só na parte onde iria a decoupage, 
então só tive que refazer a gavetinha, 
que segundo a maioria deveria ficar branquinha 
para destacar o puxador.


Agora a 2ª etapa: O ACABAMENTO.
E para isso a minha filha mais miniminitiktik,
contornando as borboletinhas...


E quando a doninha tá perto a Tequila aproveita...


Exercitando minhas duas mãos esquerdas.

A parte mais legal! Decoupage! 
até falar é legal: DECOUPAGE!!!

No vão da lateral, fiz assim:
Escolhi um guardanapo de papel bem lindo, 
recortei na medida ideal para a área que iria ser aplicado, 
depois retirei as duas camadas de folha branca 
que acompanham a gravura do guardanapo, 
aí com um pincel pequeno de ponta grossa passei cola branca 
pedacinho por pedacinho do móvel onde iria aplicar o efeito.
Descobri que se fizer uma extensão muito grande o papel amarrota e vai andando na diagonal e vira uma meleca.
Na hora da raiva esqueci de fotografar os erros ;)


Ao colocar o papel sobre a cola fui dando leves batidinhas com as pontas dos dedos para tirar os enrugadinhos, cuidado com movimentos bruscos pois podem deformar, amarrotar e até mesmo rasgar o papel, o auxílio de régua também não recomendo, melhor reservá-la para trabalhos com contact, 
vai por mim! Momento desastre não registrado.
Depois de seco, pincelei uma camada generosa e delicada de cola sobre toda a gravura esperei secar e repeti essa etapa.


 Na parte de cima, escolhemos manter a madeira original
que era bem bonita lembrando uma cortiça,
aí colamos as borboletinhas extraídas do próprio guardanapo,
passando cola por baixo e umas duas camadas por cima,
ah, entre as camadas tem que esperar secar tá!
esqueci de fotografar essa parte também.


Depois veio o verniz, 
acho que foram umas três ou quatro camadas, 
espero que assim consiga um efeito impermeabilizante.


Hora de instalar.
E a altura deu errado e o encanamento vazou :(  


Agora era a momento de apelar para o maridão,
 que não é de aluguel!
Aliás não alugo, não vendo, não empresto e não troco.


Após lixar, pintar aplicar a decoupagem,
e o imprevisto da instalação de cubos de mdf nos pés, 
retoque no branco que foi lascado no manuseio,
'força de homem' nos ajustes de peças e encanamentos 
e também na instalação dos nichos. 

O resultado final!

E o melhor de tudo,
 com um toquezinho de cada um lá de casa!

ANTES                                     DEPOIS

ANTES                                     DEPOIS

Feliz da vida, meu móvel lindo, único e exclusivo!